“MESTRE É AQUELE QUE, DE REPENTE, APRENDE” (Guimarães Rosa)

A professora Carla Maia (primeira à direita), e parte do grupo dos alunos de "Introdução ao Cinema".

O ano de 2009 no Espaço Cultural Sinhá Prado se encerrou com o “Curso de Introdução ao Cinema”, brilhantemente ministrado por Carla Maia no mês de dezembro.

Ao apresentar aos alunos um panorama sobre a história do cinema, o programa do curso foi norteado a partir das inovações de linguagem e estética cinematográficas, sempre alinhadas ao seu contexto histórico e social.

Abaixo segue texto da professora Carla aos alunos, que participaram ativamente do curso e fizeram a reflexão valer a pena.

*****

“Mestre é aquele que, de repente, aprende.” (Guimarães Rosa)

Tudo foi único e admirável:
a partilha dos afetos que os filmes despertam em nós,
os saberes que eles fazem circular,
a transmissão da experiência do cinema
(que não é senão a dos outros e a nossa mesma, reconciliadas).

Outra vez foi como da primeira vez:
ver como os filmes se enlaçam ao “corpo geral do mundo” (Drummond)
para interrogá-lo ou celebrá-lo,
desdobrando as potêncais que ele abriga,
expondo o inacabado de que ele é feito.

agradeço mais uma vez a todos vocês.
espero sinceramente revê-los,
espero que o cinema continue a nos inspirar
e a promover novos e bons encontros.

Carla Maia (citando texto de César Guimarães)

Anúncios

Um comentário sobre ““MESTRE É AQUELE QUE, DE REPENTE, APRENDE” (Guimarães Rosa)

  1. Bento abril 12, 2010 / 11:30 pm

    Viva o cinema em Cambuquira… pra sempre!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s