forum.doc em Cambuquira (de novo)!

O Benedita Cineclube tem a honra de receber pelo 3º ano a programação do forum.doc, mostra itinerante do filme documentário e etnográfico.

Entre os meses de abril a junho de 2012, o forumdoc.mg chega em nove cidades de Minas Gerais: Lagoa Santa, Teófilo Otoni, Ouro Preto, Araçuaí, Mariana, Uberlândia, Montes Claros Cambuquira e Pouso Alegre. O forumdoc.mg tem como objetivo ampliar e democratizar o acesso a uma programação de cinema diferenciada no estado de Minas Gerais. Os filmes são representativos das mostras que compuseram o 15º Festival do Filme Documentário e Etnográfrico, festival de cinema que acontece anualmente em Belo Horizonte desde 1997.

As temáticas e as formas de cada filme são variadas, mas sempre se preocupam com uma proposição política, social e estética, proporcionando uma discussão mediada com os espectadores, e buscando o compartilhamento de experiências, ao tentar perceber principalmente o que cada um deles tem a nos mostrar sobre a vida e sua maneira de nos apresentar ao nosso mundo.

Em Cambuquira, o forumdoc.mg acontece de 21 a 23 de junho  de 2012, no Benedita Cineclube. A curadoria realizada por Junia Torres é composta por filmes que participaram das mostras exibidas no forumdoc.bh.2011.

O evento, que se encontra em sua quinta edição, conta com o patrocínio da CEMIG/Governo de Minas e da Secretaria de Audiovisual do Ministério da Cultura/Governo Federal, via Lei de Incentivo à Cultura e Fundo Nacional de Cultura. Além disso, conta com a parceria das instituições locais Espaço Cultural Sinhá Prado e Benedita Cineclube e apoio da Prefeitura de Cambuquira.

A programação é gratuita.

PROGRAMAÇÃO CAMBUQUIRA – 21 a 23 de junho

21/06 – Quinta-feira


10h30: BICICLETAS DE NHANDERÚ / Brasil / 2011 / cor / 45’

Direção : Sandro Ariel Ortega e Patrícia Ferreira

Uma imersão no cotidiano e na espiritualidade dos Mbya-Guarani da aldeia Koenju, em São Miguel das Missões, no Rio Grande do Sul.


15h: A CAÇA AO LEÃO COM ARCO / Nigéria | Mali | Burkina Faso / 1965 / cor / 78’

Direção: Jean Rouch

De 1957 a 1964, Rouch seguiu os caçadores Gaos da região de Yatakala e o filme retraça os episódios desta caça na qual técnica e magia estão intimamente ligadas: fabricação dos arcos e flechas, preparação do veneno, rastreamento e ritual de sacrifício. Mas o velho leão assassino, denominado “Americano”, conseguirá evitar todas as armadilhas, e os Gaos apenas aprisionarão duas de suas fêmeas. Após a caça, os homens contam a seus filhos a história de gaway gawey, a maravilhosa caça aos leões.

 

19:30h: RODA / Brasil / 2011 / cor / 72′

 Direção: Carla Maia, Raquel Junqueira 

Entre sambas e memórias, compositores, intérpretes e instrumentistas da Velha Guarda do Samba de Belo Horizonte fazem roda.

22/06 – Sexta-feira


10h30: Colete de Prata e Luta pela Terra

COLETE DE PRATA / Bolívia / 1999 / cor / 22’

Direção: Patricio Luna (Aymara)

Dramatização de um conto tradicional Aymara que propõe uma reflexão sobre a ambição, a avareza e as consequências da acumulação.


LUTA PELA TERRA / Manoki, Pytámãnãnjulipja / Brasil / 2010 / cor / 36’

Direção: Celso Xinuxi, Alonso Irawali, Manoel Kanuxi

A hidrelétrica construída às margens da Terra Indígena Irantxe / Manoki acabou com os peixes da região e os latifúndios de soja e gado destruíram toda a mata nativa ao redor da Terra. A luta atual é pela homologação da ampliação do território, enfrentando a resistência de grandes fazendeiros e a morosidade do governo federal.


15h: Erosões e A Terra é de quem nela trabalha

EROSÕES / Brasil / 2011 / cor / 35’

Direção: Umbando

Quadrilátero ferrífero, região metropolitana de BH. É neste território, no meio de uma comunidade em desaparecimento, que se trava uma batalha entre a máquina cinematográfica e as máquinas de exploração mineradoras.


A TERRA É DE QUEM NELA TRABALHA / México / 2005 / cor / 15’

Direção Coletiva (Tzotzil)

O vídeo acompanha a situação da cidade de Bolon Aja’aw, localizada no norte do estado, perto do famoso sistema do rio Água Azul. O governo federal vendeu as terras de Bolon Aja’aw a uma companhia privada para a criação de um centro de ecoturismo, sem a permissão dos membros da comunidade. O vídeo documenta um encontro entre autoridades Zapatistas e funcionários do governo mexicano, e oferece um olhar crítico em relação às implicações práticas do assim chamado ecoturismo.


19h30: DIÁRIO DE UMA BUSCA / Brasil | França / 2010 / cor / 105’

Direção : Flávia Castro

Outubro, 1984. Celso Castro, jornalista com uma longa história de militância de esquerda, é encontrado morto no apartamento de um suposto ex-oficial nazista, onde entrou à força. A polícia sustenta que se trata de um suicídio. O episódio, digno de um filme de suspense, é o ponto de partida de Flávia, filha de Celso e diretora do filme. É uma viagem no tempo e na geografia: o filme percorre os cenários do exílio familiar, dos ideais e do fracasso de um projeto político.

23/06 – Sábado


15h: OS CAÇADORES / EUA / 1957 / cor / 72’

Direção: John Marshall

Neste clássico filme antropológico, John Marshall segue uma caçada de uma girafa realizada por quatro homens em um período de cinco dias. Foi filmado em 1952-53 na terceira expedição conjunta Smithsonian – Harvard Peabody e apoiada pela família Marshall para estudar os Ju/’hoansi, um dos poucos grupos que ainda sobrevivem da caça e coleta. John Marshall era um jovem quando fez este filme, seu primeiro longa-metragem.

19h30: FRAGMENTOS DE UMA REVOLUÇÃO / França / 2010 / cor / 55’

Direção: Anônima

A história trata dos protestos no Irã, em que cidadãos anônimos fizeram, de improviso, o papel de jornalistas, e conseguiram por seus próprios meios burlar a censura oficial.

CRÉDITOS

Realização
Filmes de Quintal

Participação
Espaço Cultural Sinhá Prado
Benedita Cineclube

Apoio
Prefeitura de Cambuquira

Curadoria e sessões comentadas
Junia Torres

Produção Local
Sharen Zancaner, Ananda Guimarães, Maíra Colucci

Agradecimentos
Anthony Propaganda, Marcos Celestino, Marco Antônio Rezende, Equipe MOSCA –Mostra Audiovisual de Cambuquira e aos funcionários e colaboradores da itinerância em Cambuquira.

 

Intercâmbio de curtas-metragens

Ao mesmo tempo que a MOSCA 6½ se prepara para sair em itinerância para outras cidades, a MOSCA e o Benedita Cineclube recebem em Cambuquira a itinerância do 12º Festival de Curtas de Belo Horizonte.

O festival de Belo Horizonte divulga no dia 31 de agosto a seleção dos filmes que exibirá este ano, em sua 13ª edição. Enquanto isso, a programação do festival do ano passado circula por Minas Gerais, passando por cidades como Juiz de Fora, Uberlândia, Cordisburgo,  Araçuaí,  Cataguases, Guaxupé, Nova Lima, Pirapora, Taiobeiras e Cambuquira; encontrando novos espectadores e reexibindo uma excelente programação que conta com curtas nacionais e internacionais.

As sessões se dividem em Curta Jovem, Infantil, Premiados Internacionais, Mostra Brasil, Mostra Minas, Animação e Sessão Maldita. A programação completa está no blog do Benedita Cineclube: clique aqui

Esta já é a 2ª itinerância que o Espaço Cultural Sinhá Prado sedia este ano. Em 2010 e 2011 fizemos parte do circuito do FORUMDOC.MG, festival de documentários que completará 15 anos entre 24 de novembro e 04 de dezembro.

O Espaço Cultural Sinhá Prado fica na Av. Virgílio de Melo Franco, 481 – Cambuquira-MG

Todas as sessões são gratuitas!

Mais informações sobre os filmes em exibição: www.beneditacineclube.wordpress.com

MOSCA 6 e 1/2 [programe-se para as sessões]

 

A MOSCA 6 1/2 começa no horário da sessão do Benedita Cineclubequinta às 19h!

Na abertura, serão exibidos os curtas produzidos pelos alunos das oficinas da MOSCA. Quem não conhece, vai ter algumas boas surpresas. E quem esteve em todas as MOSCAS, vale a pena rever!

Qui 28 de julho

19h – Abertura

Sex 29 de julho

20h – Sessão de Curtas

22h – Sessão de Curtas

Sáb 30 de julho

14h30 – Sessão infanto-juvenil

17h – Sessão de Curtas

19h – Sessão de Curtas

21h – Sessão de Curtas

Entrada franca!

Em breve, mais novidades sobre os filmes da programação.

http://facebook.com/mostramosca

siga no twitter: @mostramosca e @cinebenedita

Espaço Cultural Sinhá Prado – Av. Virgílio de Melo Franco, 481 – Cambuquira-MG

O forumdoc.mg vem à Cambuquira mais uma vez

Pelo segundo ano consecutivo, a MOSCA e o Benedita Cineclube recebem o forumdoc.mg em Cambuquira.

Confira a programação que vai de 30 de junho a 2 de julho, e não deixe de participar!

forumdoc consolida sua programação no interior de Minas Gerais

 Em sua quarta edição, o festival leva parte de sua programação a nove cidades

Entre os meses de maio a julho de 2011, o forumdoc.mg – mostra itinerante do filme documentário e etnográfico – chega em nove cidades de Minas Gerais: Araçuaí, Cambuquira, Contagem, Lagoa Santa, Montes Claros, Pouso Alegre, Uberlândia, Ouro Preto e Teófilo Otoni. Contendo temáticas diversas, os filmes selecionados abordam questões políticas e sociais, ao versar sobre comunidades tradicionais e urbanas, na tentativa de construir junto ao público um amplo diálogo sobre as potências do audiovisual.

O forumdoc.mg tem como objetivo ampliar e democratizar o acesso a uma programação de cinema diferenciada no estado de Minas Gerais, através da exibição de filmes já exibidos no forumdoc.bh (festival de cinema que acontece anualmente em Belo Horizonte desde 1997) e/ou que fazem parte do acervo da Associação Filmes de Quintal, associação sem fins lucrativos responsável pela realização do projeto.

O evento, que se encontra em sua quarta edição, conta com o patrocínio da CEMIG/Governo de Minas e da Secretaria de Audiovisual do Ministério da Cultura/Governo Federal, via Lei de Incentivo à Cultura e Fundo Nacional de Cultura. Além disso, conta com a parceria de instituições locais (UFU/Luminoso Cinema Livre – Uberlândia, Cineclube Luz da Lua/CEFET – Campus Araçuaí, UNIMONTES, FAOP, Prefeitura Municipal de Contagem, UNIVÁS, ICETAS/CDLTO/Estação Doce Maria/Conservatório de Música de TO/ Associação Histórico Cultural Mucury, Irmandade dos Atores da Pândega, Benedita Cineclube).

Em Cambuquira, o forumdoc.mg acontece de 30 de junho a 02 de julho de 2011, no Espaço Cultural Sinhá Prado que fica à Av. Virgílio de Melo Franco, 481 – Centro. A curadoria realizada por Milene Migliano é composta por filmes que participaram das Mostras Competitivas nacional e internacional do forumdoc.bh.2010.  Milene Migliano é Mestre pelo Programa de Pós Graduação em Comunicação e Sociabilidade Contemporânea da Universidade Federal de Minas Gerais. Atua como produtora e pesquisadora no setor audiovisual, tendo desenvolvido pesquisas sobre culturas urbanas, atuando junto aos Pontos de Cultura e Programa Cultura Viva do governo federal.  É membro da Associação Filmes de Quintal, onde atua como professora das oficinas de produção audiovisual do Ponto de Cultura e na realização do forumdoc.bh, desde 2003. Atuou, em 2010, como assistente de coordenação de projetos no Vídeo nas Aldeias e no desenvolvimento de metodologias de percepção dos espaços urbanos e letramento digital no Pontão de Cultura da UFMG, de 2004 a 2009.

Sobre o forumdoc.bh

O forumdoc.bh é um festival de cinema e vídeo dedicado ao documentário e a filmes que não têm espaço no circuito de exibição comercial. O evento acontece em Belo Horizonte desde 1997, com quatorze edições consecutivas. Em sua programação, o forumdoc.bh apresenta um panorama de produções audiovisuais diversificado, disponibilizando ao público filmes de vários países, produções contemporâneas e filmes clássicos. Realiza, ainda, as mostras competitivas nacional e internacional com o objetivo de mapear, difundir e premiar a produção documentária recente.

Promovendo mesas redondas, sessões fílmicas comentadas, oficinas, lançamentos de publicações como catálogos, revistas, livros e cd-roms especializados, o forumdoc.bh tem possibilitado o intercâmbio de experiências, visando o fomento à pesquisa, experimentação e qualificação da produção.

Todas as atividades que compõem a programação têm caráter público e gratuito, o que garante o acesso e divulgação de bens culturais.

Realização Associação Filmes de Quintal

Participação Benedita Cineclube e Espaço Cultural Sinhá Prado

PROGRAMAÇÃO

30/06 – quinta-feira

A FALTA QUE ME FAZ |  Direção Marília Rocha | Brasil | 2009 | cor | 85’

Duas sessões: 10h30 e 15h30 | qui, dia 30

Durante um inverno, um grupo de meninas vive o fim da juventude. Um romantismo impossível deixa marcas em seus corpos e na paisagem a seu redor.

KURDISHLOVER |  Direção Clarisse Hahn | França | 2010 | cor | 95’

19h00 | qui, dia 30

Um xamã entra em transe diante da televisão, um ermitão com fome de sexo sonha em se casar, uma ovelha é sacrificada e comida, uma velha mulher impede sua nora de aprender a ler, uma pastora de ovelhas mora no alto da montanha e gostaria de descer de volta, o exército toma conta do vilarejo, um homem que veio da Europa abandona um relacionamento para pedir a mão de uma jovem que mora com a mãe em casamento. Através de relações que envolvem controle, dinheiro, rivalidade e amor, cada um procura seu lugar entre os outros.

 

01/07 – sexta-feira

AVENIDA BRASÍLIA FORMOSA | Direção Gabriel Mascaro | Brasil | 2009 | cor | 85’

Duas sessões: 10h30 e 15h30 | sex, dia 1º

Fábio é garçom e cinegrafista. Registra importantes eventos no bairro de Brasília Teimosa (Recife). No seu acervo, raras imagens da visita do presidente Lula às palafitas. Fábio é contratado pela manicure Débora para fazer um videobook e tentar uma vaga no Big Brother. Também filma o aniversário de 5 anos de Cauan, fã do Homem Aranha. Já o pescador Pirambu mora num conjunto residencial construído pelo governo para abrigar a população que morava nas antigas palafitas do bairro, que deu lugar à construção da Avenida Brasília Formosa. O filme constrói um rico painel sensorial sobre a arquitetura e faz da Avenida uma via de encontros e desejos.

 

ZANZIBAR MUSIC CLUB | Direção Philippe Gasnier e Patrice Nezan | França | 2009 | cor | 85’

19h00 | sex, dia 1º

Ao pôr do sol, nas ruas da antiga cidade, os clubes musicais de Zanzibar murmuram os alegres sons do Taarab. Veículo de identidade cultural e tradição viva, a performance do Taarab é intrinsecamente ligada tanto à vida religiosa quanto cotidiana da ilha. Representado por artistas como a parteira e curandeira Bi Kidude, uma das mais reverenciadas cantoras de Taarab de todo o Zanzibar, este documentário revela a ternura e a diversidade dos poetas Taarab, guardiões culturais de uma herança musical dinâmica, que deve se afirmar diante do turismo e das trocas econômicas.

 

 

02/07 – sábado

KENE YUXI, ÀS VOLTAS DO KENE | Direção Zezinho Yube | Brasil | 2010 | cor | 48’

16h00 | sáb, dia 2

Ao tentar reverter o abandono das tradições do seu povo e seguindo as
pesquisas do seu pai, o professor e escritor Joaquim Maná, Zezinho Yube corre
atrás dos conhecimentos dos grafismos tradicionais das mulheres Huni Kui
auxiliado por sua mãe.

BLACK NATCHEZ + PANOLA

18h00 | sáb, dia 2

Black Natchez | Direção Ed Pincus e David Neuman | EUA| 1965 | p&b | 60′

Relato da tentativa de organizar uma comunidade negra no extremo sul dos Estados Unidos em 1965, durante o dia de comemoração do Movimento dos Direitos Civis. Um líder negro havia sofrido um atentado a bomba e uma luta surge na comunidade negra. Um grupo de negros escreve um capítulo do Deacons for Defense – organização secreta e armada. A comunidade se divide entre membros mais conservadores e ativistas.

PANOLA | Direção Ed Pincus e David Neuman | EUA| 1965 | p&b | 20′

A história de um homem pobre, negro, pai de oito filhos em Natchez, Mississipi, durante a ascensão do Movimento dos Direitos Civis. Panola caminha no limite incerto entre a comédia e a tragédia. Dividido pelo conflito entre uma consciência sensível e acurada da injustiça social e um sistema que incutiu nele a subserviência aos brancos, ele oscila entre o desejo de respeito, a impotência, a vingança, a soberba e o alcoolismo.

SERVIÇO

forumdoc.mg – Cambuquira
Entrada Franca

O Espaço Cultural Sinhá Prado fica na Av. Virgílio de Melo Franco, 481 – Centro
(35)3251-3534 |  espacoculturalsinhaprado@gmail.com
Associação Filmes de Quintal
(31) 3889-1997 | http://www.forumdoc.org.br | filmes@filmesdequintal.org.br

FORUMDOC.MG em Cambuquira – 3ª Mostra Itinerante do Filme Documentário e Etnográfico

Enquanto não chega a MOSCA 6, o Benedita Cineclube e o Espaço Cultural Sinhá Prado recebem o FORUMDOC.MG em Cambuquira, festival produzido pela Carla Maia, que esteve na cidade em dezembro de 2009 ministrando curso de Introdução ao Cinema (registrado neste blog). A itinerância acontecerá nos dias 26 e 27 de junho de 2010. Seguem mais informações sobre o projeto e a programação.

Forumdoc amplia sua programação ao interior de Minas Gerais

Em sua terceira edição, o festival leva parte de sua programação a sete cidades

O forumdoc.mg – mostra itinerante do filme documentário e etnográfico – tem como objetivo ampliar e democratizar o acesso a uma programação de cinema diferenciada no estado de Minas Gerais, através da exibição de filmes já exibidos no forumdoc.bh (festival de cinema que acontece anualmente em Belo Horizonte desde 1997) e/ou que fazem parte do acervo da Associação Filmes de Quintal, associação sem fins lucrativos responsável pela realização do projeto.

Sua programação se estende entre os meses de maio e junho de 2010, em sete cidades: Araçuaí, Cambuquira, Contagem, Lagoa Santa, Montes Claros, Pouso Alegre e Uberlândia. Abordando temáticas diversas, os filmes selecionados abordam questões políticas e sociais, ao versar sobre comunidades tradicionais e urbanas, na tentativa de construir junto ao público um amplo diálogo sobre as potências do audiovisual.

O evento, que se encontra em sua terceira edição, conta com o patrocínio da CEMIG/Governo de Minas e da Secretaria de Audiovisual do Ministério da Cultura/Governo Federal, via Lei de Incentivo à Cultura e Fundo Nacional de Cultura. Além disso, conta com a parceria de instituições locais (Irmandade dos Atores da Pândega, Associação Cultural Eu Sou Angoleiro, Cineclube Luz da Lua, MUnA/UFU, UNIMONTES, UNIVÁS, Benedita Cineclube e Cineclube FUNEC).

Sobre a Associação Filmes de Quintal

A Associação Filmes de Quintal é uma entidade sem fins lucrativos e tem suas ações voltadas à promoção cultural através de atividades de divulgação, pesquisa, reflexão, fomento e produção em audiovisual. Com sede em Belo Horizonte, a Filmes de Quintal possui ampla experiência na produção de mostras cinematográficas e na realização de oficinas de audiovisual.

Criada em 1999, a Associação Filmes de Quintal foi fruto da reunião de pesquisadores, professores e estudantes dos cursos de Comunicação Social, Filosofia e Antropologia, entre outras áreas, para oficializar a criação do Festival do Filme Documentário e Etnográfico – forumdoc.bh – que já acontecia desde 1997, graças ao esforço pessoal dos fundadores da Associação.

Sobre o forumdoc.bh

O forumdoc.bh é um festival de cinema e vídeo dedicado ao documentário e a filmes que não têm espaço no circuito de exibição comercial. O evento acontece em Belo Horizonte desde 1997, com treze edições consecutivas. Em sua programação, o forumdoc.bh apresenta um panorama de produções audiovisuais diversificado, disponibilizando ao público filmes de vários países, produções contemporâneas e filmes clássicos. Realiza, ainda, as mostras competitivas nacional e internacional com o objetivo de mapear, difundir e premiar a produção documentária recente.

Promovendo mesas redondas, sessões fílmicas comentadas, oficinas, lançamentos de publicações como catálogos, revistas, livros e cd-roms especializados, o forumdoc.bh tem possibilitado o intercâmbio de experiências, visando o fomento à pesquisa, experimentação e qualificação da produção.

Todas as atividades que compõem a programação têm caráter público e gratuito, o que garante o acesso e divulgação de bens culturais.

PROGRAMAÇÃO forumdoc.mg – Cambuquira

Programação – Cambuquira

26 de Junho – Sábado

16h- BATATINHA, POETA DO SAMBA

Brasil / 2008 / cor / 62′

Direção: Marcelo Rabelo

Um dos mais importantes sambistas do Brasil, o baiano Oscar da Penha, o Batatinha (1924 -1997), é visto aqui sob a perspectiva de seus nove filhos. São eles que vão atrás das memórias do pai, investigam a sua vida, história e obra e se encontram com familiares, amigos e músicos. Seus filhos, ao reunir os fragmentos que revelam a história do pai, acabam conhecendo mais sobre ele, estabelecendo também elos fraternais importantes entre a própria família.

19h – HEREMAKONO

Mali, França, Mauritânia | 2002 | cor | 95´

Direção: Abderrahmane Sissako

Numa cidadezinha na costa da Mauritânia, garoto e sua mãe aguardam a chance para ir para a Europa. Neste lugar de espera, onde se fala outra língua, o menino tenta decifrar o mundo e as personagens que o rodeiam.

27 de junho  – Domingo

16h – A ARQUITETURA DO CORPO / CONFESSIONÁRIO / CAÇANDO CAPIVARA

A Arquitetura do Corpo

Brasil | 2008 | cor | 21′
Direção: Marcos Pimentel
Os bailarinos e suas formas. Suas dores. Seus sonhos…

Caçando Capivara

Brasil | 2009 | cor | 57′

Direção: Derli Maxakali, Marilton Maxakali, Juninha Maxakali, Janaina Maxakali, Fernando Maxakali, Joanina Maxakali, Zé Carlos Maxakali, Bernardo Maxakali, João Duro Maxakali

Caçadores Maxakali saem com seus cães e espíritos aliados em busca da capivara.  Cantos, olhares e eventos. Intensidades que se agitam sob um plano de aparente silêncio.

Confessionário

Brasil, Itália | 2009 | cor | 15′

Direção: Leonardo Sette
O missionário católico Silvano Sabatini relembra sua chegada à área indígena Raposa Serra do Sol, em Roraima, nos anos 50.

19h – CORUMBIARA

Brasil | 2009 | cor | 117′

Direção: Vincent Carelli

Em 1985, o indigenista Marcelo Santos denuncia um massacre de índios na Gleba Corumbiara (RO) e Vincent Carelli filma o que resta das evidências. Bárbaro demais, o caso passa por fantasia, e cai no esquecimento. Ninguém foi responsabilizado pelas torturas que aquelas pessoas sofreram. Corumbiara é um esforço para provar o extermínio dos índios e tentar contato com os remanescentes.

Entrada Franca

Local: Espaço Cultural Sinhá Prado – Av. Virgílio de Melo Franco, nº 481, Cambuquira – MG

Realização: Associação Filmes de Quintal

Participação: Benedita Cineclube – Cambuquira  e Associação Comunitária Educacional e Cultural Sinhá Prado Guimarães

www.beneditacineclube.wordpress.com

Patrocínio:

CEMIG – Governo do Estado de Minas Gerais

Secretaria do Audiovisual

Fundo Nacional de Cultura

Ministério da Cultura

CONTATO:

Associação Filmes de Quintal / (31) 3889-1997

www.filmesdequintal.org.br / filmes@filmesdequintal.org.br