MOSCA exibe curtas em Três Corações mais uma vez!

A MOSCA 8 encerra o circuito de itinerâncias na vizinha Três Corações. A programação será composta pelo MOSCA NA ESCOLA e duas sessões abertas ao público da cidade na Associação Cultural Viraminas, nossos parceiros tricordianos.

Serão exibidos os curtas premiados pelo Júri Popular nas categorias: Melhor Curta da Mostra Brasil (1º, 2º e 3º lugar) Melhor Curta Internacional e Melhor Curta da Sessão Cambuquira. A segunda sessão da noite, para adultos, é a Sessão da Meia Noite na íntegra, exibida na MOSCA 8.

Escolas interessadas em fazer parte do MOSCA NA ESCOLA podem entrar em contato através do email espacoculturalsinhaprado@gmail.com (vagas limitadas).

Como sempre, a entrada é franca e todos estão convidados!

Para baixar: Release_Itinerância_TresCoracoes

Imagem

Imagem

MOSCA visita Lima Duarte-MG pela 2ª vez

Na quarta itinerância da MOSCA 8, voltamos para o interior de Minas em uma cidade muitíssimo simpática chamada Lima Duarte. Estivemos lá com a MOSCA 7 e a experiência foi muito boa em todas as escolas e também nas sessões abertas ao público. A itinerância tem parceria com o Instituto Candeia de Cidadania.

Sessão na Escola Altivo Pedro Gomes, Batatal no ano passado.
Sessão na Escola Altivo Pedro Gomes, Batatal no ano passado.

VERSO PROG LD

Baixe aqui: Release_Itinerância_Lima Duarte

Mais itinerâncias | Jundiaí e Itupeva

A itinerância da MOSCA 8 passou 1 semana nas cidades de Jundiaí e Itupeva, de 23 a 29 de setembro. Como sempre, visitamos muitas escolas, exibimos diversos filmes, distribuímos picolés e realizamos algumas animações.

1376446_561531663901493_2085590044_n
Alunos da Escola EMEFE Thereza A. Lourençon

A MOSCA na Escola começou em Itupeva, com exibições em escolas da cidade nos dias 23, 24 e 25 de setembro. Visitamos as escolas EMEF Prof. Thereza A. Lourençon, EMEFEI Mário Covas e EMEFEI Fazenda Pinheiros, onde os alunos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental puderam assistir a vários filmes da nossa programação.

Alunos da EMEFEI Mário Covas (Itupeva-SP)
Alunos da EMEFEI Mário Covas (Itupeva-SP)
EMEFEI Fazenda Pinheiros
EMEFEI Fazenda Pinheiros

Após esses 3 dias, chegamos em Jundiaí. Pelo segundo ano consecutivo na cidade, a MOSCA na Escola visitou o Colégio Degraus (também pela segunda vez) e a Escola Professor Luiz Rosa, nos dias 26 e 27 de setembro (respectivamente). Exibimos os filmes para crianças (Educação Infantil) e adolescentes (Ensinos Médio e Fundamental). Claro, sempre com muito picolé após as sessões!

Sessão no Colégio Degraus (Jundiaí-SP)
Sessão no Colégio Degraus (Jundiaí-SP)

No sábado, dia 28 de setembro, integramos a programação da 7ª Primavera dos Museus, no Museu da Energia. Programamos uma sessão especial para  essa data, além de outras sessões para públicos variados. E como já é praxe, montamos a Estação Animação, onde os visitantes do museu puderam realizar as próprias animações. Veja o resultado desse trabalho no vídeo abaixo:

No domingo, voltamos para Itupeva, mais especificamente no HTPC, onde levamos uma sessão aberta ao público da cidade.

Encerramos nossa maratona na fábrica da Sorvetes Jundiá, com uma programação de filmes de animação para seus funcionários. Foram 7 sessões durante o dia todo!

MOSCA na fábrica da Sorvetes Jundiá (Jundiaí-SP)
MOSCA na fábrica da Sorvetes Jundiá (Jundiaí-SP)

Agora a MOSCA parte para cidades de Minas Gerais. Voltaremos em breve com mais informações sobre o projeto itinerante.

Próximas itinerâncias: Itupeva e Jundiaí

As próximas itinerâncias acontecerão entre 23 e 29 de setembro. A MOSCA itinerante começou em Américo Brasiliense-SP, e à convite da Sorvetes Jundiá, patrocinadora da mostra, chegará às vizinhas Itupeva e Jundiaí.

Pela primeira vez em Itupeva, a MOSCA irá fazer exibições nas escolas EMEF Prof. Thereza A. Lourençon; EMEFEI Mário Covas e EMEFEI Fazenda Pinheiros, nos dias 23, 24 e 25, e uma exibição para todo o público interessado na cidade no HTPC no dia 29 de setembro.

Pelo segundo ano consecutivo, a programação também será exibida em Jundiaí. Nos dias 26 e 27 de setembro, a MOSCA na Escola irá passar pelo Colégio Degraus e Escola Professor Luiz Rosa. E no dia 28, levaremos uma programação especial para o Museu da Energia, integrando a programação da Primavera dos Museus, que receberá, além das sessões, a Estação Animação, um espaço para que os visitantes possam fazer suas próprias animações usando a técnica do stop motion.

As escolas interessadas em receber a programação da MOSCA podem entrar em contato com nossa equipe pelo email: espacoculturalsinhaprado@gmail.com

Toda a programação da MOSCA 8 itinerante é gratuita.

A MOSCA é uma realização do Ministério da Cultura e Espaço Cultural Sinhá Prado e tem apoio cultural da Sorvetes Jundiá.

Baixe [aqui] o release das itinerâncias Itupeva e Jundiaí.

8370619726_d4254fe620_k
Itinerância da 7a. MOSCA (2012) no Museu da Energia Jundiaí

PROGRAMAÇÃO ITUPEVA

23/09, segunda | MOSCA na Escola EMEF Prof. Thereza A. Lourençon

24/09, terça | MOSCA na Escola EMEFEI Mário Covas

25/09, quarta | MOSCA na Escola EMEFEI Fazenda Pinheiros

A Programação de filmes da MOSCA na Escola é composta pelos curtas-metragens da Mostra Infanto Juvenil da MOSCA 8, e programada de acordo com a faixa etária de cada turma.

***

29/09, domingo | 16h – MOSCA no HTPC – Sessão Infanto Juvenil

[aberto ao público  | entrada franca]

Rua Vicente Tartalia, 75 – Jardim São Vicente – Itupeva

Duração: 54 minutos | Classificação: Livre para todos os públicos

LUZ CÂMERA ANIMAÇÃO, Giovanna Belico Cária Guimarães, Belo Horizonte-MG, 2012, Ani, 2’
Uma Luminária resolve experimentar o prazer de desenhar, mas não tem sucesso em dominar os lápis sem mãos humanas. Descobre então, que pode usar seu fio para criar imagens, e sua luz para projetar sombras, criando filmes animados.

UMA DUPLA DE DOIS – O PARADEIRO DE JORGE , Fernando Coelho, Curitiba-PR, 2012, Fic, 9′
Seriado infanto-juvenil no qual os amigos Artur e Nina (12 anos) investigam os mistérios do bairro em que vivem. Dona Matilde, uma senhora da vizinhança, reclama o desaparecimento do seu gato, o Jorge.

O PEQUENO MONSTRO, Kaue Nunes Melo e Nildo Ferreira, Santos-SP, 2012, Fic, 6’
Miguel é um menino de 8 anos que possui uma maneira própria de ver o mundo. Incentivado por uma redação da escola e por sua imaginação, revela os mistérios sombrios que descobriu no dia a dia de sua família formada por monstros.

URBE, Rafael Borges, Belo Horizonte-MG, 2013, Ani, 5′

A paz de um rapaz do interior é tomada pelo crescimento descontrolado da cidade, o que traz consequências para a sua vida e a dos demais habitantes. As imagens nos levam a refletir sobre os valores atribuídos à modernização e aos avanços tecnológicos.

CABEÇA PAPELÃO, Quiá Rodrigues, Rio de Janeiro-RJ, 2012, Ani, 20’
Antenor é absolutamente sem importância social e é diferente dos demais. Convencido de que a razão de seus problemas é sua cabeça, ele a troca por uma de papelão.

LINEAR, Amir Admoni, São Paulo-SP, 2012, Ani, 6’
A linha é um ponto que saiu caminhando.

LUMINARIS, Juan Pablo Zaramella, ARGENTINA, 2011, Ani, 6’
Em um mundo controlado e programado pela luz, um trabalhador comum tem um plano para mudar a ordem natural das coisas.

***

PROGRAMAÇÃO JUNDIAÍ

26/09, quinta | MOSCA na Escola Professor Luiz Rosa

27/09, sexta | MOSCA no Colégio Degraus

A Programação de filmes da MOSCA na Escola é composta pelos curtas-metragens da Mostra Infanto Juvenil da MOSCA 8, e programada de acordo com a faixa etária de cada turma.

***

28/09, sábado | MOSCA no MUSEU DA ENERGIA JUNDIAÍ

Sessões de Curtas-Metragens + Estação Animação das 10h às 15h

[aberto ao público  | entrada franca]

Rua Barão de Jundiaí, 202 – Centro  Jundiaí

10h – Sessão da Mostra Infanto Juvenil 1

Duração: 49 minutos | Classificação: livre para todos os públicos

PETY PODE TUDO, Anahí Borges, São Paulo-SP, 2012, Fic, 13’
Pety é uma menina com um majestoso sentimento de controle de tudo ao seu redor. Um dia acredita receber um aviso do anjo Gabriel prenunciando a morte do seu coelho, Perninha. O medo da perda e o desejo de controle a impulsionam na olímpica tentativa de driblar o destino profetizado.

LALA – MÃE, Jon e Thomate, Ribeirão Preto-SP, 2012, Ani, 1’30″
Foguete tenta encontrar as palavras certas para expressar todo amor que sente por sua mãe. Toni, Zima e Massinha irão ajudá-lo nessa aventura poética.

LALA – O LEÃO, Jon e Thomate, Ribeirão Preto-SP, 2012, Ani, 1’30″

Massinha conhece a história de um rei que era muito forte, gato e grandão… até que chega a patroa.

LALA – OLHO DA TV, Jon e Thomate, Ribeirão Preto-SP, 2012, Ani, 1’30″
“Será que eu vejo tudo que você vê?” – Laurinha procura uma resposta com os olhos bem abertos.

PHILL: NO BURACO, Ilson Junior, Nova Friburgo-RJ, 2012, Ani, 2′
Phill é uma bizarra e azarada criatura que está sempre se metendo em confusão. Ao encontrar um filhote de elefante preso dentro de um buraco, ele terá que se superar para ajudá-lo. Será que dessa vez ele consegue?

O MACACO E O RABO, Direção coletiva (Núcleo de Design, UFPE-CAA), Recife –PE, 2011, Ani, 8’
O macaco perde o rabo e parte em uma busca para recuperá-lo. A cada personagem que ele encontra, sua situação se complica mais. Uma adaptação de um conto do folclore nordestino. 

LUZ CÂMERA ANIMAÇÃO, Giovanna Belico Cária Guimarães, Belo Horizonte-MG, 2012, Ani, 2’
Uma Luminária resolve experimentar o prazer de desenhar, mas não tem sucesso em dominar os lápis sem mãos humanas. Descobre então, que pode usar seu fio para criar imagens, e sua luz para projetar sombras, criando filmes animados.

O PEQUENO MONSTRO, Kaue Nunes Melo e Nildo Ferreira, Santos-SP, 2012, Fic, 6’
Miguel é um menino de 8 anos que possui uma maneira própria de ver o mundo. Incentivado por uma redação da escola e por sua imaginação, revela os mistérios sombrios que descobriu no dia a dia de sua família formada por monstros.

OVELINA, Pamella Pesareli, São Paulo-SP, 2013, Ani, 2’
Ovelina deseja andar de patins mas não sabe como. Em função disso, resolve procurar na internet dicas de como patinar. Após algumas tentativas acaba caindo.

ÚLTIMA EVOLUÇÃO, Vinicius Pimenta, São Paulo-SP, 2013, Ani, 3’
Bing, um cientista do futuro, recebe em seu laboratório uma caixa de um passado não muito distante. Curioso e confiante, ele tenta descobrir o que é o misterioso objeto contido nela.

UMA DUPLA DE DOIS – O PARADEIRO DE JORGE , Fernando Coelho, Curitiba-PR, 2012, Fic, 9′
Seriado infanto-juvenil no qual os amigos Artur e Nina (12 anos) investigam os mistérios do bairro em que vivem. Dona Matilde, uma senhora da vizinhança, reclama o desaparecimento do seu gato, o Jorge.

***

11h – Sessão da Mostra Infanto Juvenil 2

Duração: 1h05 | Classificação: livre para todos os públicos | indicado para maiores de 10 anos

DO LADO DE FORA, Matheus Peçanha e Paulo Vinícius Luciano, Muriaé-MG, 2012, Fic, 19’
Plínio é um garoto de dez anos que vai viver com a avó no campo. Entediado com o lugar, sua vida começa a mudar quando ele ganha da avó um boneco chamado Frank.

ANIMA PARS, Tiago Saad, Campinas-SP, 2012, Ani, 11’
Acompanhe as evoluções, perdas e influências que recebemos ao longo de uma vida contadas através de um visual único.

MEU AMIGO NIETZSCHE, Fáuston da Silva, Brasília-DF, 2012, Fic,15’
O improvável encontro de um garoto com Nietzsche é o início de uma revolução em sua mente, em sua família e na sociedade. Ao final, ele não será um menino, será uma dinamite.

LINEAR, Amir Admoni, São Paulo-SP, 2012, Ani, 06’
A linha é um ponto que saiu caminhando.

PEQUENOS, Alexandre Rafael Garcia, Curitiba-PR, 2012, Fic, 14′
Férias de verão e o menino Lucas se diverte com seus amigos no bairro onde moram. Cada dia que passa, ele se aproxima mais de Ana.

***

14h00 – Sessão da Mostra Brasil | Tema: resgate e identidade cultural

Duração: 67 minutos | Classificação: Não recomendado para menores de 12 anos

THE BEST OF LAMBADA, Yuri Amaral, São Paulo-SP, 2013, Doc, 24’
“The Best of Lambada” resgata o imaginário dos dançarinos que protagonizaram este fenômeno mundial, recontando suas aventuras e vivenciando o sentimento de uma época através da dança.

MUPEPY MUNATIM, Pedro Peralta, PORTUGAL, 2012, Fic, 18’
Um homem regressa da França à Portugal em busca do túmulo de sua mãe.  Possui o contato de uma única pessoa, porém, ela não sabe o paradeiro do túmulo. Quando está pronto para desistir, tem uma revelação.

BRAÇOS ABERTOS, PORTAS FECHADAS, Fernanda Polacow e Juliana Borges, São Paulo-SP, 2013, Doc, 25’
O angolano Badharó deixou seu país em guerra e mudou-se para o Rio de Janeiro esperando viver o sonho da Cidade Maravilhosa. Foi viver na Favela da Maré, onde encontrou no rap a expressão para seu desapontamento, raiva e indignação contra os problemas encontrados aqui – sobretudo, o racismo.

 

FLYER MOSCA 8 ITUPEVA E JUNDIAI rgb

Realização

Realização: Espaço Cultural Sinhá Prado e Ministério da Cultura

Apoio Cultural: Sorvetes Jundiá

Apoio Itinerância: Museu da Energia Jundiaí, Prefeitura Municipal de Itupeva, Secretaria de Educação de Itupeva, Secretaria de Esportes de Itupeva, Colégio Degraus Jundiaí, Escola Professor Luiz Rosa (Jundiaí).

Os Olhos do Coração e a nossa passagem por Américo Brasiliense

A primeira itinerância da MOSCA aconteceu em Américo Brasiliense, e enquanto estivemos por lá, tivemos uma agenda cheia de sessões, distribuição de picolés e oficina de animação!

Entre os dias 28, 29 e 30 de agosto, nós levamos filmes para as escolas E. E. Profª Dinora Marcondes Gomes e EMEF Américo Roncalli, com uma programação para alunos do Ensino Infantil ao Fundamental.

Na sexta-feira, fizemos duas sessões no Centro Educacional e Apoio Pedagógico Novênio Pavan: umas delas com os filmes premiados na MOSCA e outra com outros curtas brasileiros. Entre as sessões, fizemos uma pausa para tomar os picolés cedidos gentilmente pela nossa patrocinadora Sorvetes Jundiá.

DSC_0164_

Enquanto os filmes rolavam nas escolas, demos uma oficina de animação em pixilation e stop motion para os alunos da Escola Paraíso. No primeiro dia, realizamos o filme “Os Olhos do Coração” (que vocês podem assistir abaixo), que contou com a participação de 16 alunos. Nos outros dois dias, conversamos um pouco sobre a história da animação e produzimos mais alguns curtas em stop motion que estão sendo finalizados e logos serão divulgados em nosso vimeo, youtube e facebook.

Nossa passagem por lá terminou no sábado (31), quando oferecemos um dia inteiro de atividades na Escola Paraíso – dessa vez, aberto ao público em geral. Transformamos 2 salas de aula em salas de cinema: uma exibindo curtas para as crianças, outra para os mais velhos. Além disso, fizemos mais uma edição da Estação Animação, onde conseguimos realizar diversos filminhos em stop motion e um em pixilation. E pra acompanhar tudo isso, muita pipoca e (mais) picolé.

999470_549651515089508_1790463227_n

Agora estamos preparando a programação da itinerância de Itupeva e Jundiaí, que vai acontecer de 23 a 28 de setembro. Enquanto elas não chegam, vejam aqui as fotos da itinerância em Américo.

Até breve!

A MOSCA 8 e suas itinerâncias

Já estamos de malas prontas para levar uma parte da programação de curtas da MOSCA 8 para outras cidades do interior de São Paulo e Minas Gerais. Mas antes de começarmos as itinerâncias, ainda há tempo para relembrarmos de alguns bons momentos da MOSCA 8.

Veja aqui a lista dos curtas premiados pelo júri popular.

Acesse aqui as fotos (tiradas pela galera da RUA | Revista Universitária Audiovisual)

Assista aos curtas produzidos durante as oficinas:

REALIZAÇÃO AUDIOVISUAL: A REVOLUÇÃO NÃO SERÁ TELEVISIONADA

INTERCÂMBIO EM VIDEODANÇA PORTUGAL-BRASIL

Minha Vida Daria um Filme

Se Perder no Movimento | Minha Paisagem de Cinema

ESTAÇÃO ANIMAÇÃO

Nossa próxima parada será em Américo Brasiliense de 28 a 31 de agosto, e a programação já está em nosso site. Veja! Jundiaí, Itupeva e Lima Duarte serão os próximos destinos.

Continue acompanhando as novidades em nosso site e página do facebook.

Até breve!

9387495381_48e35f0e42_h

Premiados da MOSCA 8

1º MELHOR CURTA-METRAGEM DA MOSTRA BRASIL PELO JÚRI POPULAR

A MÃO QUE AFAGA, Gabriela Amaral Almeida, São Paulo-SP, 2012, Fic, 19’

No aniversário de 9 anos de seu filho Lucas, a operadora de telemarketing Estela planeja uma festa que tem poucas chances de dar certo.

a_mao_que_afaga_fotoMatheusRocha_04.P

PRÊMIO CIARIO: O valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) em locação de equipamento de luz, acessórios e maquinária da empresa Naymar que compõe o complexo Centro de Infraestrutura Audiovisual – CiaRio-Brasil.
PRÊMIO BLACK HOUSE: Serviços de pós-produção de imagem (correção de cor ou composição de imagens) na empresa Black House: 3 diárias (36 horas).
PRÊMIO CTAV: Empréstimo de kit digital CTAV pelo período de 2 semanas (ver detalhes no regulamento).
PRÊMIO CONTORNO ÁUDIO E VÍDEO: Serviço de duplicação de 200 cópias de curta-metragem em DVD, oferecido pela empresa Contorno Áudio e Vídeo.

*****

2º MELHOR CURTA-METRAGEM DA MOSTRA BRASIL PELO JÚRI POPULAR

LINEAR, Amir Admoni, São Paulo-SP, 2012, Ani, 06’

A linha é um ponto que saiu caminhando.

Curta Linear - Crédito Foto Newton Leitão

PRÊMIO BLACK HOUSE: Serviços de pós-produção de imagem (correção de cor ou composição de imagens) na empresa Black House: 2 diárias (24 horas).
PRÊMIO CONTORNO ÁUDIO E VÍDEO: Serviço de duplicação de 100 cópias de curta-metragem em DVD, oferecido pela empresa Contorno Áudio e Vídeo.

***

3º MELHOR CURTA-METRAGEM DA MOSTRA BRASIL PELO JÚRI POPULAR

GRAFFITI DANÇA, Rodrigo EBA!, São Paulo-SP, 2013, Ani, 06’

Na São Paulo do século XXI, personagens de graffiti dançam bolero dos anos 1950.

Curta-Metragem de Animação com Graffiti.

PRÊMIO BLACK HOUSE: Serviços de pós-produção de imagem (correção de cor ou composição de imagens) na empresa Black House: 1 diária (12 horas).
PRÊMIO CONTORNO ÁUDIO E VÍDEO: Serviço de duplicação de 100 cópias de curta-metragem em DVD, oferecido pela empresa Contorno Áudio e Vídeo.

*****

MELHOR CURTA-METRAGEM DA MOSTRA INFANTO JUVENIL PELO JÚRI POPULAR

PEQUENOS, Alexandre Rafael Garcia, Curitiba-PR, 2012, Fic, 14’

Férias de verão e o menino Lucas se diverte com seus amigos no bairro onde moram. Cada dia que passa, ele se aproxima mais de Ana.

Pequenos 03

PRÊMIO CIARIO: O valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) em locação de equipamento de luz, acessórios e maquinária da empresa Naymar que compõe o complexo Centro de Infraestrutura Audiovisual – CiaRio-Brasil.
PRÊMIO CONTORNO ÁUDIO E VÍDEO: Serviço de duplicação de 100 cópias de curta-metragem em DVD, oferecido pela empresa Contorno Áudio e Vídeo.
PRÊMIO ORIGAMI: Serviço de Formatação de Projeto de um Curta-metragem para Lei Rouanet, oferecido pela empresa Origami Cultural e Audiovisual.

*****

MELHOR CURTA-METRAGEM DA SESSÃO CAMBUQUIRA PELO JÚRI POPULAR

ESCADARIA DE SENTIMENTOS, Alexandre Felix e Gabriel Lemes, Cambuquira-MG, 2013, Exp, 06’

Escadaria de Sentimentos fala sobre o homem e sua existência a partir da confusa construção de sentido das coisas e de si próprio, representado através da relação entre o personagem e uma escada. “Estou. Sou? Não, não estou. Ponto. De vista?”

Escadaria

PRÊMIO B_ARCO: Cessão de 1 bolsa de estudos em um curso de audiovisual oferecido pelo Centro Cultural b_arco, em São Paulo.
***
Prêmio Extra cedido pelo B_ARCO:

2º lugar da Sessão Cambuquira

LIBERDADE AINDA QUE TARDIA, Thiago Ozanan Carrancas, Cambuquira-MG, 2012, Doc, 20’

A busca da liberdade aos olhos de um jovem que vive grandes aventuras em seu parapente, sob as influencias da Inconfidência Mineira… Liberdade, Igualdade e Fraternidade…

PRÊMIO B_ARCO: Cessão de 1 bolsa de estudos em um curso de audiovisual oferecido pelo Centro Cultural b_arco, em São Paulo.

*****

MELHOR CURTA-METRAGEM DA SESSÃO DA MEIA NOITE (MOSTRA BRASIL) PELO JÚRI POPULAR

PINTAS, Marcus Vinicius Vasconcelos, São Paulo-SP, 2013, Ani, 12’

De forma inesperada, uma garota perde as pintas coloridas que cobriam seu corpo. Ela e seus namorados precisarão recuperar a cor que se perdeu de suas vidas.

pintas_foto01_P

*****

MELHOR CURTA-METRAGEM DA MOSTRA INTERNACIONAL PELO JÚRI POPULAR

MI OJO DERECHO / MEU OLHO DIREITO, Josecho de Linares, ESPANHA, 2012, Fic, 13’

Zurdo sempre manteve uma relação especial com sua avó. Desde que ele foi estudar, perdeu o contato com ela. No última dia do verão, Zurdo decide visitá-la.

pXyXPzDld6iKhnbTz0D0kYhKfLaQexuVuSnG6vB-EcQ

Parabéns aos premiados!

À MOSCA 8 e ao futuro!

A MOSCA 8

Passamos por 7 mostras, uma retrospectiva e por muitas pessoas. Ao chegar na 8ª edição fomos influenciados pelo número 8 e começamos a pensar o que a ideia do infinito sugere ao nosso contexto e à nossa mostra. A interpretação da obra audiovisual feita por cada espectador; a troca de ideias que se multiplicam após um debate; o encontro de um grande grupo de amigos; ou a produção de significados no ato criativo, poderiam ser alguns dos infinitos que temos buscado sem necessariamente perceber a sua dimensão.

Infinitos espontâneos – são eles que nos interessam?

Sem esquecer do céu limpo estrelado de Cambuquira e a dimensão espacial que nos faz ainda menores, mais curiosos, intrigados e atentos. A MOSCA volta à Cambuquira após algumas itinerâncias. Esteve em outras cidades, conheceu outros públicos, exibiu sentimentos e opiniões na forma de filmes. Breves e sólidas conexões.

Em seu 8º cartaz, a mosquinha tem muitas novas companheiras, diferentes entre si e conectadas, uma sucessão contínua que tenta talvez nos dizer o que esperar do nosso encontro audiovisual em 2013, ano tão reflexivo e conflituoso, no qual as pequenas partes do nosso contexto constroem significados que apontam aos infinitos humanos e espontâneos que nos interessaram lá atras. Seria o futuro nosso infinito mais próximo?

À MOSCA 8 e ao futuro!

Ananda, Fernanda, Maíra e Sharen

MOSCA 8_logo